E SE, AFINAL, MARIA MADALENA NÃO FOI TÃO IMPORTANTE ASSIM?

Estou um pouco atrás da Meta de Leitura para 2018, por isso, agora estou lendo dois livros: o Evangelho Segundo Mateus e Orgulho e Preconceito da autora britânica Jane Austin.

A EDIÇÃO QUE ESTOU LENDO

Imagem retirada gratuitamente do site PixaBay.
Pretendo ler um Evangelho a cada três meses aproximadamente, para não ter que ler os quatro de uma vez no fim do ano. A tradução que escolhi ler foi da seção editoria do Living Stream Ministry a partir do texto original em grego. Essa edição tem muitos esboços, notas de rodapé, diagramas e referências cruzadas de autoria de um religioso chamado Witness Lee. O livro que tenho em mãos foi distribuído gratuitamente por Rhema Literature Distributors. Um ex-colega de trabalho o ganhou e me deu. Fica aqui o meu Muito Obrigada a todos que contribuíram, direta ou indiretamente, para que esta obra chegasse as minhas mãos.

WITNESS LEE: O COMENTARISTA

O Nobel norte-americano John Steinbeck escreveu A Leste do Éden, a saga da disputa entre dois irmãos na Califórnia. O livro tem um forte teor autobiográfico, inclusive o próprio autor aparece na história. Dentre os personagens se destacam na história, há o Lee, um mordomo chinês com um passado familiar trágico, que se dedica profundamente a conhecer a Palavra de Deus. Como Witness Lee também viveu na Califórnia, sempre acreditei que ele e o personagem de Steinbeck pudessem ser a mesma pessoa. Mas não são. Quando Witness Lee mudou-se para Califórnia (1972) já faziam 20 anos que Steinbeck publicara seu A Leste do Éden (1952).

BREVE DESCRIÇÃO DO EVANGELHO DE MATEUS

Agora voltando ao Evangelho de Mateus, todos os meus comentários são baseados nas notas de Witness Lee, sujeitos aos meus erros de interpretação. Basicamente trata-se de um livro de 28 capítulos, dos quais já li 18. O autor foi, alegadamente, Mateus, também chamado de Levi, um cobrador de impostos que se tornou apóstolo.
Cobrar impostos era mal visto, porque Roma havia ocupado Israel, e alguns judeus cobravam os tributos dos outros judeus, em prol de uma porcentagem da arrecadação. Em sínteses, cobradores de impostos eram vistos como traidores e cobaloracionistas com a ocupação, portanto, pecadores.
O Evangelho de Mateus foi escrito entre 37 e 40 depois de Cristo, ou seja, depois da ressureição e antes da destruição do templo de Jerusalém. Provavelmente foi escrito em Israel e seu público alvo eram os próprios judeus, pois não há explicações sobre os costumes e festas da cultura do povo da época.
Segundo Witness Lee, cada Evangelho tem um propósito determinado. O de Mateus visa a testificar que Jesus é Rei, profetizado no Antigo Testamento, que traz o reino dos céus. Todo rei precisa ter sua genealogia comprovada para ter direito ao trono, portanto, a genealogia de Cristo em Mateus começa com Abraão, o pai da raça chamada, e não com Adão, o pai da raça criada. A ordem do Evangelho de Mateus é doutrinária, tudo é contado conforme a importância para a doutrina, e não cronológica.

AS MULHERES DA GENEALOGIA DE CRISTO

Cinco mulheres são citadas na genealogia de Cristo (primeiro capítulo de Mateus), destas somente uma era virgem e casta, Maria. As outras são Tamar (v.3), Raabe, Rute (v.5) e Bete-Seba (v.6).
Tamar cometeu incesto gerando um filho com seu próprio sogro. Raabe era prostituta em Jericó, lugar amaldiçoado por Deus para sempre. Após ter-se voltado para Deus e para o povo Deus e ter-se casado com Salmon, príncipe de Judá, a principal tribo (1Cr2:10-11), ela deu a luz a Boaz, homem piedoso, de quem procedeu Cristo. A isso, Witness Lee acrescenta: “A despeito do nosso passado, se nos voltarmos a Deus e ao Seu povo, e nos unirmos à pessoa correta dentre esse povo, daremos frutos adequados e participaremos do desfrute da primogenitura de Cristo.”
Boaz, por sua vez, casou-se com Rute, que era moabita (isto é, estrangeira e refugiada numa sociedade extremamente xenófaba) de origem incestuosa e viúva. Tanto Raabe quanto Rute eram estrangeiras de baixa classe social, e estão ligadas a Cristo. Witness Lee acrescenta: “Cristo está ligado não somente aos judeus mas também aos gentios, até mesmo aos de baixa condição.”.
A genealogia de Mateus não diz “Bete-Seba”, mas “da que fora mulher de Urias” mencionando o pecado de Davi, que matou o marido dela, Urias, para possuí-la. Na visão do blog, isso é também um caso de estupro, pois Bete-Seba não tinha a menor condição de dizer não a um rei que era soberano sobre a vida de todos. Lee escreveu: “mostrando assim que Cristo, como Salvador régio, está relacionado não somente aos pagãos, mas também aos pecadores.

MARIA NO ALCORÃO E NA BÍBLIA

Maria tem sua imagem mais conhecida e mais divulgada. Aprendi agora que tanto ela quanto José eram descendentes diretos de Davi. Cabe lembrar aqui que o Islamismo e o Alcorão também respeitam e admiram Maria.

Imagem retirada gratuitamente do site PixaBay.

O Alcorão na sua 19ª Surata (equivalente aos nossos capítulos), intitulada Maria, diz:

E menciona a Maria, no Livro, a qual se separou de sua família, indo a um local ao leste (v.16)
Regressou ao seu povo levando-o (o filho) nos braços. E lhe disseram: Ó Maria, eis que trouxeste algo extraordinário (v.27).
Então ela lhes indicou que interrogassem o menino. Disseram: Como falaremos com uma criança que ainda está no berço? (v.29)
Ele lhes disse: Sou servo de Allah, o Qual me concedeu o Livro e me designou como profeta. (v.30)
A paz está comigo, desde o dia em que nasci; estará comigo no dia em que eu morrer, bem como no dia em que eu for ressuscitado. (v.33)”

AS DEMAIS MULHERES NO EVANGELHO DE MATEUS

Além dessas cinco mulheres, até aonde eu li, mais nove mulheres são citadas diretamente: Raquel (Mt 2:18), a sogra de Pedro (Mt. 8:14), a filha morta de um chefe entre os judeus (Mt. 9:18), a mulher com fluxo de sangue (Mt. 8:20), a rainha do Sul (Mt. 12:42), Herodias (Mt. 14:3), a filha de Herodias (Mt. 14: 6), a mulher cananéia e sua filha (Mt. 15:22).

PRECEITOS RELACIOANDOS A MULHERES

Os preceitos onde uma mulher é diretamente mencionada foram os seguintes:

Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher para a cobiçar, no coração já adulterou com ela.” (Mt. 5:28)

Eu, porém, vos digo que todo aquele que repudiar sua mulher, exceto por causa de fornicação, faz com que ela cometa adultério; e aquele que casar com uma repudiada, comete adultério.” (Mt. 5:32)

Pois Deus disse: “Honra teu pai e tua mãe”, e “Quem maldisser seu pai ou sua mãe, seja punido de morte.” (Mt. 15:4)

Além disso, após uma parábola sobre o reino dos céus que envolve um homem, Jesus também conta uma parábola que envolve uma mulher:

Disse-lhes outra parábola: O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.” (Mt. 13:33)

OPINIÃO DO BLOG

Agora das 14 mulheres mencionadas até agora, vocês notaram a falta de alguém? Sim, não há menção a Maria Madalena até agora. E eu já passei da metade do livro. Existe uma polêmica sobre o fato se ela foi prostituta ou não, mas a única mulher comprovadamente prostituta (Raabe), que está na genealogia de Cristo, nunca é mencionada. Por quê?
Segundo Divaldo Franco, no livro Sexo e Consciência, Maria Madalena era mesmo prostituta e quem levou-a a conversão foi um leproso curado por Jesus. Aparentemente, essa versão vai contra o Evangelho de Mateus, porque Jesus pede explicitamente àquele leproso que não conte sobre sua cura a ninguém (Mt. 8:4).
Sei que saiu um filme sobre Maria Madalena, ainda não assisti, mas vou e comentarei mais aqui no blog. Não consigo compreender porque a figura dessa mulher é mais explorada do que as outras da Bíblia e temo que essa seja mais uma ferramenta de dominação do patriarcado. Por isso, cuidado.
Muito obrigada a todos vocês que curtem o nosso trabalho. Por favor, fiquem à vontade para deixar críticas, sugestões, comentários e acompanhar a nossa página no Facebook.
BOA SEMANA!

BOAS LEITURAS!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO SABER SE É UMA PESQUISA CIENTÍFICA DE VERDADE?

FERNANDO PESSOA: OUTRA VEZ TE REVEJO... - CLEONICE BERARDINELLI

TOMADA DE DECISÃO PARA PROFISSIONAIS