BUDISMO MODERNO - GESHE KELSANG GYATSO

Budismo Moderno é um livro do monge tibetano Geshe Kelsang Gyatso. Ele foi ordenado monge aos oito anos de idade e hoje é um mestre de meditação plenamente realizado. Seu guia espiritual é(foi) Kyabje Trijang Rinponche (1901-1981). Gyatso mora na Inglaterra desde 1977, já escreveu e publicou diversos livros, além de ajudar a fundar mais de 1.100 Centros Budistas Kadampa ao redor do mundo.


Sobre o livro Budismo Moderno, o autor diz:
Rezo para que todos os que leiam este livro possam experienciar profunda paz interior, ou paz mundial, e realizar o verdadeiro sentido da vida humana. Eu, particularmente, gostaria de encorajar todos a lerem, especificamente, o capítulo Treinar a Bodhichitta Última. Por meio da leitura e da contemplação cuidadosa desse capítulo, muitas e muitas vezes e com uma mente positiva você obterá uma compreensão muito profunda, ou sabedoria, que trará grande significado à sua vida.
O livro Budismo Moderno, ou melhor, os livros estão disponíveis gratuitamente para download através do site de mesmo nome. Digo os livros, porque o livro foi divido em três partes que podem ser baixadas separadamente: Sutra, Tantra e Preces para a Prática Diária. O capítulo Treinar a Bodhichitta Última está no primeiro volume (Sutra). Tive muitas dificuldades para entender e ler o segundo e o terceiro volumes, mas o livro Sutra foi maravilhoso para mim. Recomendo a leitura, com certeza!
Fazendo um apanhado sobre o que conheço sobre o Budismo. De outra tradição religiosa, a monja Tenzin Palmo foi a primeira mulher ocidental a se ordenar monja na Índia. Durante seu processo de treinamento, ela chegou a passar vários anos sozinha dentro de uma caverna, em absoluta reclusão. Li seu livro, em português, chamado No Coração da Vida durante um momento difícil da minha vida e ele me ajudou muito. Por isso, recomendo.


Preciso mencionar a história fascinante da exploradora Alexandra David-Néel (1868 – 1969), primeira europeia a chegar na cidade sagrada budista de Lhasa no Tibete e também a primeira mulher europeia a se tornar lama. Alexandra escreveu vários livros. É possível encontrar o livro Viagem ao Tibete, edição de 1988, em alguns sebos. Mas não é barato. Também é possível assistir no Youtube o filme sobre a vida dela, chamado J’irai ao pays des neiges (Eu vou ao país das neves). A definição da imagem não é das melhores, mas o filme está completo e com legenda em português. Vale muito a pena assistir.


No Brasil, as duas figuras mais conhecidas (para mim) do Budismo são lama Padma Samtem e monja Coen. Eles são de designações diferentes. Mas ambos são líderes religiosos de bastante prestígio e carisma. A monja se tornou mais conhecida nos últimos anos, devido aos seus vídeos no Youtube. Sei que ela lançou dois livros recentemente: O Inferno somos nós, em coautoria com Leandro Karnal, e O Sofrimento é opcional, como o zen budismo pode ajudar a lidar com a depressão. Infelizmente não li nenhuma das duas obras, mas recomendo os vídeos de divulgação dos livros, como o abaixo:


Outro livro que é menos conhecido, é o da mestra da monja Coen: Para uma pessoa bonita (Contos) de Shundo Aoyama Rôshi. Tenho muita curiosidade para ler esta obra também.


Budismo Moderno foi mais um livro da meta. Esta semana também li O Velho e o Mar de Ernest Hemingway. Com isso, são 8 livros lidos (31% da meta). Agora estou lendo Um Mapa todo seu de Ana Maria Machado e este...bem, este não é da meta, mas está sendo uma leitura ótima.
Muito obrigada a você que acompanha o nosso trabalho. Por favor, fique à vontade para deixar seus comentários. Também é possível acompanhar as novidades pela nossa página no Facebook.

BOA SEMANA!

BOAS LEITURAS!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COMO SABER SE É UMA PESQUISA CIENTÍFICA DE VERDADE?

FERNANDO PESSOA: OUTRA VEZ TE REVEJO... - CLEONICE BERARDINELLI

TOMADA DE DECISÃO PARA PROFISSIONAIS