Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

QUAL LIVRO VOCÊ DEVERIA LER?

Imagem
Li um texto em inglês do Scott H. Young (confira o blog dele clicando aqui ) e estou praticamente traduzindo abaixo e acrescentando meus comentários... Sempre me perguntam quais são meus livros favoritos. Tenho dificuldades para responder essa pergunta, porque, implicitamente, a pessoa está me fazendo duas perguntas: 1.                  Qual é seu livro favorito? 2.                  Qual livro eu deveria ler? Imagem retirada gratuitamento do site Pixabay. A maioria dos meus livros favoritos não são livros para o desenvolvimento pessoal. O melhor livro que eu já li provavelmente não vai ser tão sensacional e inspirador para a vida de outra pessoa. O correto a dizer é que o melhor livro é aquele que te ensina algo que você ainda não sabia. Porque as pessoas têm níveis de conhecimento diferentes sobre um tema, o mesmo livro pode mudar a vida de uma pessoa e ser muito chato para outra. A PIRÂMIDE DOS LIVROS Então, ao invés de tentar dar sugestões para a p

CLEÓPATRA - UMA DAS RAINHAS MAIS CALUNIADAS DA HISTÓRIA

Imagem
Cleópatra – uma Biografia da autora norte americana, vencedora do Prêmio Pulitzer, Stacy Schiff. O livro se propõe a ser uma biografia histórica da rainha egípcia Cleópatra (nascida em 69 e falecida em 30 antes de Cristo). Capa da edição em português de 2011. Provavelmente nenhuma outra rainha egípcia foi tão explorada pela mídia e pelas obras de arte quanto Cleópatra. No entanto, sua verdadeira história é completamente desconhecida. Por exemplo, não sabemos como era o seu rosto muito menos as condições de sua morte (desculpa, galera, mas não teve picada de cobra cinematográfica!). Sua imagem foi muito associada a uma promiscuidade sexual, que, na verdade, nunca existiu. Na verdade, é muito provável que ela fosse feia. Confira a reportagem do History Channel sobre como era o rosto de Cleópatra, clicando aqui . Nefertiti é uma rainha que temos o rosto, mas não sabemos a História, Cleópatra é uma rainha que (achamos que) sabemos a História, mas não temos o rosto. Cleópatra

PSEUDÔNIMO MR. QUEEN - LORAINE PIVATTO

Imagem
Infelizmente estava viajando semana passada e cheguei mais tarde do que havia planejado. Por isso, ontem não tivemos o nosso tradicional post de domingo. No começo do ano, a escritora gaúcha Loraine Pivatto me contatou pelo Skoob, pedindo autorização para me enviar a sua mais recente obra publicada (2015): o romance de ficção científica, intitulado Pseudônimo Mr. Queen . O livro pode ser baixado gratuitamente no site da Amazon , mas a Loraine imprimiu algumas cópias em caráter especial. Ela mandou essas cópias para blogueiros e blogueiras, que vão lendo e repassando a obra após a leitura. Eu recebi de uma moça do Nordeste (não me lembro o estado) e enviei para a outra do Mato Grosso do Sul, sob a coordenação da autora. Achei essa técnica para divulgação da obra muito inovadora e eficiente. Pseudônimo Mr. Queen é o segundo livro da autora. Na estória, o fim do mundo previsto pelos maias realmente aconteceu. O mundo acabou em 2012. Algumas pessoas foram escolhidas (aleatoria

"O HOMEM DEIXA DE SER HOMEM QUANDO NÃO SABE DAR AMOR NEM ESPERANÇA AOS DEMAIS" (Dr. Denis Mukwege, Nobel da Paz em 2018)

Imagem
No mês de outubro, tradicionalmente, temos a entrega dos prêmios Nobel de Literatura, de Química, de Física e da Paz. NOBEL DE QUÍMICA E FÍSICA 2018 Este ano o Nobel de Química foi para um trio de cientistas que desenvolveu proteínas com princípio de evolução (confira a matéria do G1, clicando aqui ). O prêmio de Física também foi para um trio de cientistas, dessa vez, por sua pesquisa com laser. Entre eles, uma cientista canadense, Donna Strickland , a terceira mulher a ganhar esse prêmio na História (confira a reportagem sobre sua vida no site Nexos, clicando aqui ). Antes dela já tínhamos Marie Curie (1903) e Maria Goeppert-Mayer (1963). A três mulheres que já ganharam um Nobel de Física: Donna Strickland (2018), Maria Goeppert-Mayer (1963) e Maria Curie (1903). NOBEL DA PAZ 2018 O prêmio Nobel da Paz foi para dois ativistas contra o uso de violência sexual como arma de guerra: a iraquiana Nadia Murad , de 25 anos, e congolês Denis Mukwege , de 63. Nadia Mu