Postagens

A BÍBLIA JUDAICA E A GESTÃO DE PROJETOS: CABALÁ E DESIGN THINKING

Imagem
Uma vez, na minha graduação em Engenharia (terminada em 2009), nós tivemos aulas de gerenciamento de projetos, abordando métodos tradicionais. Eu respondi alguma coisa certa ou fui bem em uma prova (não me lembro ao certo), mesmo antes de aprendermos o método. Lembro só que um colega veio me perguntar como eu sabia a resposta e eu respondi “Lendo a Bíblia”. Causou surpresa e eu tive que explicar: “É isso mesmo, o livro de Êxodos. Os judeus saindo do Egito. Imagina que você tem um projeto. Seu projeto é tirar 3 milhões de pessoas a pé do Egito para Israel, passando por um deserto. Essas pessoas têm as mais diversas idades e condições de saúde, sem nenhum treinamento militar. Também têm animais e objetos de posse individual, que podem ser pesados. Para acabar de te ajudar, vem um exército inimigo te perseguido aí e, depois que você resolver esse detalhe, os demais povos da terra por onde você (e seu time) passar vão ver vocês como potenciais inimigos. Como você gerencia esse “Projeto Egi

ANOTAÇÕES DE UM CURSO DE NEGOCIAÇÕES

Imagem
Olá, pessoas! Estou reestruturando a minha imagem digital. A partir de hoje, meus conteúdos publicados terão um enfoque mais profissional e serão escritos em português e inglês. Na semana passada tive o prazer de participar de três incríveis cursos abertos sobre negociações. Os cursos são oferecidos semestralmente pelo CAENI - Centro de Estudos das Negociações Internacionais da Universidade de São Paulo (USP). Devido à pandemia desse ano, eu fui online e o próximo também vai acontecer online no meio deste ano. Os cursos são denominados Capacitação em Negociações Internacionais (Nível Básico, com foco em Negociações Bilaterais), Intermediário em Negociações Internacionais (Métodos Quantitativos para Apoiar Decisões de Negociação) e Negociações Internacionais Avançadas (com foco em Negociações Multilaterais). Apesar do curso “Negociação Internacional”, o curso é fortemente baseado no Programa de Negociação de Harvard (reconhecido como o melhor curso de negociação, independentem

ESTAMOS DE VOLTA! LEITURAS NO MÊS DA MULHER

Imagem
Olá, pessoal. Antes de mais nada, por favor, me desculpem pela demora. Fiquei várias semanas sem escrever. Como algumas pessoas sabem que as pessoas da minha família são idosas (todas com mais de 70 anos e ainda não conseguiram ser vacinadas), me procuraram com medo de que o pior tivesse acontecido. Graças a D’us, esse não foi o caso. Meus familiares estão bem. Muito obrigada pelo carinho e atenção. Essa tragédia da pandemia me deixa sem clima para escrever sobre outras coisas. Meus pêsames a quem perdeu pessoas queridas. Mas o motivo principal pelo qual não escrevi nas últimas semanas foi uma sobrecarga de trabalho. Passei várias noites trabalhando até madrugada, meu relógio biológico ficou completamente bagunçado e ainda preciso de muito foco e energia para terminar. A meta é concluir até 14 de abril. Mas li e continuo lendo muita coisa interessante nos intervalos. Estou lendo “ A Arte de Entrevistar Bem ” da jornalista Thaís Oyama e “ O Segredo Judaico de Resolução de Problemas

A POSSIBILIDADE DE TRANSIÇÃO DE CLASSE SOCIAL E SEUS IMPACTOS NA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

Imagem
  Boa noite, turma! Hoje eu ensinei uma palavra nova para alguém, o termo em inglês “ social class transitioner ”, traduzindo literalmente seria “ pessoa que fez uma transição de classe social ”. Para ficar mais fácil, vou inventar a palavra “ transicionadores ”. Esse é um termo que eu encontrei no artigo “ Social Class Transitioners: Their Cultural Abilities and Organizational Importance ” (“ Transicionadores de Classe Social: Suas Habilidades e Importância Organizacional ”), escrito por um professor norte-americano e um canadense, publicado no Academy of Management (reconhecido como um dos melhores jornais de Administração do mundo) em julho de 2019 (acesse o link aqui ). Sim, existem grandes pensadores da Administração que se dedicam a estudar esse fenômeno, onde ele existe. Transicionadores são pessoas que, durante a vida, mudaram de classe social (tanto para cima quanto para baixo). Para que isso aconteça, antes de tudo, é preciso que estejamos falando de uma sociedade onde a

NADA ORTODOXA - UMA OPINIÃO SOBRE MOVIMENTOS RELIGIOSOS CONSERVADORES

Imagem
Olá, pessoas! Tenho uma excelente notícia. Nesta quarta-feira, defendi meu doutorado pela Universidade de São Paulo. A defesa pode ser assistida na íntegra no Youtube ( link aqui ). Depois da defesa, ainda preciso fazer as correções que a banca sugeriu. Eu tenho até 60 dias para isso. Como a banca sugeriu muitas correções e preciso do título com urgência, vou ter que focar na revisão, para entregar o mais rapidamente possível. Por isso, talvez eu escreva uma vez a cada duas semanas, ao invés de toda semana. NADA ORTODOXA – A MINISSÉRIE DA NETFLIX Hoje quero falar sobre a minissérie da Netflix “ Nada Ortodoxa ”, que foi livremente baseada no livro autobiográfico de Deborah Feldman (não disponível em português). Se alguém ainda não viu a minissérie e quer ver, fica o aviso de que vou dar spoiler . Trata-se da história de uma judia, chamada Esty, de 19 anos, que foge de uma comunidade judaica religiosa em Nova Iorque e do seu casamento (arranjado). Esty foi criada pelos avós. Seu p

LENDO MAIS MULHERES, COMECEI A FAZER PONTES ENTRE O FEMINISMO E A ODEBRECHT

Imagem
Boa noite, pessoal! Desculpa por escrever tão tarde da noite. Hoje um amigo, que admiro muito, me escreveu pelas redes sociais, dizendo que gosta de ler meus textos. Confesso que estava um pouco desanimada, mas, depois de palavras tão amigas, decidi escrever algo, para mantermos o nosso contato. Aliás, como são importantes as palavras dos bons amigos, não é? São elas que nos levam para frente. Muitas vezes, uma boa amiga (ou um bom amigo) desempenha um papel fundamental nas nossas vidas e nos ajuda a crescer. Concordam? Também pode acontecer de, por algum motivo, uma pessoa não poder contar com amigos tão bons assim. Mas, através da leitura, podemos conversar com pessoas que vivem ou viveram em outros lugares e épocas e que nos enriquecem com novas ideias e experiências. Dessa forma, os livros desempenham também um dos papéis dos bons amigos. Não é verdade? Em 2020, li 24 livros. Na contagem do Skoob (link aqui ), consta que já li 688 livros, quase chegando aos 700. Dos 24 livros