Postagens

TRÊS HÁBITOS DE VIRADA DE ANO QUE MUDARAM A MINHA VIDA E PODEM MUDAR A SUA TAMBÉM!

Imagem
17 de dezembro de 2018. Mais um ano chegando ao fim e eu aqui me preparando para uma grande viagem de 2 meses. Talvez ela seja a primeira de várias em 2019. Essa mudança de cronograma compromete alguns hábitos anos, que eu recomendo e estou tentando adaptá-los à situação. Gostaria de compartilhar três deles com vocês para que eles transformem a sua vida positivamente como transformaram a minha.

O primeiro é escrever as metas para o ano seguinte, para daqui cinco anos e, pelo menos, para daqui 10 anos. “Ah, mas eu não cumpro.”. Não importa. Escreva assim mesmo. Essa rotina anual foi me dando clareza sobre onde eu quero chegar e ajuda a mostrar se tenho metas que são contraditórias ou inviáveis no período de tempo que estou projetando. Depois de vários anos, esse hábito fez muita diferença na minha vida. Também é essencial que seja sempre escrito. Acredito que, enquanto nós escrevemos, como é um processo lento, nossa mente vai elaborando aquela ideia e vai trazendo clareza sobre o que r…

PARA MORTADELAS: DUAS RECOMENDAÇÕES DE PRESENTE NESTE NATAL!

Imagem
Um amigo “coxinha” pediu para recomendar sugestões de presente para “mortadelas” também. Acreditem se puderem, sou liberal convicta para tudo, tanto para os costumes quanto para economia. Porém, contudo, no entanto, nenhum dos políticos vigentes me representa. Não acredito minimamente que eles sejam liberais. Por esse lado, deveria ser fácil recomendar livros que propaguem corretamente as ideias liberais. Mas, não é. Já tentei ler A Revolta de Atlasda filósofa Ayn Rand. Não dei conta de terminar o primeiro volume. Talvez um dia eu termine, mas achei quase sadomasoquista, uma espécie de 50 Tons de Cinza econômico. Por outro lado, um livro que mudou a minha vida, que eu li e pensei “Liberalismo é isso, então, eu acredito!” foi O Caminho da Servidão de Friedrich Hayek. Amo, adoro, recomendo esse livro, mas não para “mortadelas”. É muito direto. Seria igual dar O Capital de Karl Marx para um(a) “coxinha”. Eles não vão ter a imparcialidade suficiente para ler. O fanatismo não deixa.

Todo mun…

PARA COXINHAS: DUAS RECOMENDAÇÕES DE PRESENTE NESTE NATAL!

Imagem
Uma amiga está participando da brincadeira de “amigo invisível” no grupo da família dela. Parece que ela tirou o nome de um parente, que defende a “direita brasileira”, mais conservador e que, ao mesmo tempo, diz que gosta de ler e mostrar conhecimento sobre diversos assuntos. Minha amiga me pediu sugestões livro para presentear o “amigo invisível” de direita. A intenção é levar a reflexão, sem ser crítico ou agressivo demais. Então, não poderia ser nenhum livro assumida ou exageradamente de esquerda. Deveria ser algo que ao mesmo tempo que agrada ao “conservador” também leva a reflexão e a ser crítico com relação a sociedade atual. Acabei chegando em duas recomendações da literatura alemã contemporânea. #1Título:Hammerstein ou a Obstinação 
Subtítulo:Uma História Alemã Autor:Hans Magnus Enzensberger Editora:Companhia das Letras Ano:2009 POR QUE ESCOLHI ESTE LIVRO? É a biografia ficcional do general alemão Kurt von Hammerstein-Equord. O general existiu de fato e foi um dos maiores opositores a…

QUATRO AUTORAS DA PERÍODO COLONIAL

Imagem
O primeiro livro escrito por uma mulher negra no Brasil talvez seja Sagrada Teologia do Divino das Almas Peregrinas, um tratado teológico. Ele foi escrito por uma ex-escrava chamada Rosa Maria Egipcíaca da Vera Cruz (1719 – 1778), mais conhecida como Rosa Egipcíaca. O livro de Rosa tinha mais mais de 200 páginas e tratava das suas visões e dos seus pensamentos. Ele foi comparado à obra de Santa Teresa d’Ávila (doutora da Igreja). Porém, o livro foi parcialmente queimado pelo confessor de Rosa, devido ao processo movido pela Inquisição, que a acusava de heresia e práticas de feitiçaria. É preciso lembrar que a própria Santa Teresa d’Ávila também foi perseguida pela Inquisição. Na América Latina, temos também o caso da freira mexicana Juana Inés de la Cruz. A Netflix fez uma séria sobre a vida dessa religiosa (recomendo!). O médium espírita Divaldo Pereira Franco afirma que as duas religiosas são reencarnações da mesma pessoa. Não acredito, mas, enfim... Alguns livros de Juana Inés de la…

#partiu #Alemanha

Imagem
18 de novembro de 2018. Depois de amanhã, completo 32 anos. A boa notícia da semana é... fui aprovada para a bolsa do Winterkurs do governo alemão (DAAD). São 6 semanas de curso de alemão e cultura alemã para alunos de graduação e pós. Se vocês acompanham o nosso blog, vocês sabem da minha luta para aprender alemão (relembre aqui) e que conseguir essa bolsa era uma das minhas metas da virada do ano passado (relembre as metas da virada aqui e as metas corrigidas, quando decidi focar nessa bolsa, clicando aqui). Então estou com muitas esperanças  de que esse curso seja muito produtivo para o meu desenvolvimento como pessoa e profissional. Sinto muita gratidão por todos aqueles que contribuíram direta ou indiretamente para que eu conseguisse essa bolsa. Muito obrigada. O curso é de janeiro a fevereiro. Mas vou para Alemanha já em dezembro para passar o Natal e o Ano Novo com amigos. Nesses meses, a frequência das nossas postagens pode ficar comprometida. Mas vou tentar compartilhar as nov…

33 MULHERES NEGRAS QUE CONSTRUÍRAM A HISTÓRIA DO BRASIL

Imagem
20 de novembro é Dia da Consciência Negra. Por isso, resolvi dedicar os posts do mês a negros e negras ilustres, intelectuais ou personagens históricos. Especialmente, às mulheres. Mesmo com o Google, não foi fácil fazer esse levantamento.
Na cidade do Rio de Janeiro, existe (ou existia) o Museu do Negro. Ainda não tive a oportunidade de visita-lo e as informações no site não estão atualizadas. Também existe o Museu Afro Brasil, em São Paulo, no Parque do Ibirapuera. Tive a oportunidade de visita-lo uma vez e lá se encontra a imagem de Santa Ifigênia (também negra), feita no estilo barroco mineiro. Além disso, há o Museu do Negro de Campinas, interior de São Paulo, que também ainda não visitei.
Uma vez, estava em um museu em Vassouras (Rio de Janeiro) e o jardineiro do museu me disse que, oficialmente, só existem três heróis negros, reconhecidos oficialmente na História do Brasil. Zumbi dos Palmares (cuja morte ocorreu em 20 de novembro de 1695, por isso, o Dia da Consciência Negra é ce…