Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2019

O QUE FAZER QUANDO UM AMIGO TE RECOMENDA UM LIVRO RACISTA? - CONSIDERAÇÕES SOBRE O DIA DO ÍNDIO

Imagem
20 de abril de 2019. Estou escrevendo no Sábado de Aleluia, porque amanhã é Domingo de Páscoa e acho que não vou ter tempo para escrever ou que o clima da data é diferente do que eu quero escrever sobre. Eu tinha a intenção de escrever, como em anos anteriores, sobre o Dia do Índio (19 de abril) e os indígenas na literatura (relembre o vídeo clicando aqui ). Em inglês, a gente, preferencialmente, se refere aos indígenas como Native Americans ( nativos americanos ). Essa é considerada a forma menos ofensiva naquele idioma e vou adotá-la também em português neste texto. O QUE EU APRENDI DE NOVO DESDE DE 19 DE ABRIL DE 2018 Do vídeo do ano passado para este ano, aprendi três referências novas sobre o tema: Primeiro também existem reservas para nativos americanos e parece que eu posso pedir para visita-las quando eu estiver lá e conversar com os locais. Espero que eu consiga fazer isso quando estiver no Canadá. O país tem uma História que eles consideram “negra” de exploração

UMA ESCRITORA QUE GANHOU O NOBEL E A MERCEDES-BENZ

Imagem
15 de abril de 2019. Desculpem-me pela demora em escrever. Ontem eu terminei de ler Die Liebhaberinnen da escritora austríaca Elfriede Jelinek. Jelinek nasceu na pequena cidade austríaca Mürzzuschlag em 1946. Segundo a Wikipédia, essa aldeia tinha, em 2016, 8.684 habitantes. Elfriede Jelinek ainda é viva, ela tem 72 anos e continua trabalhando. Ela foi educada em Viena (capital da Áustria), onde vive até hoje. Elfriede Jelinek, escritora austríaca, ganhadora do Nobel de Literatura em 2004. A mãe de Jelinek era de uma próspera família alemã-romena, de religião católica. Entre as escritoras de língua alemã, que ganharam o Nobel, também temos Herta Müller, que é romena. O pai de Jelinek era tcheco e adotava a religião judaica. O sobrenome “Jelinek”, significa “cervo pequeno” em tcheco. Obra-prima da autora. Já traduzida para o português. Eu comentei com um alemão que estava lendo este livro. Ele não conhecia a Elfriede Jelinek (apesar de ela ter ganhado o Nobel de

VIDA DE DOUTORANDA NO BRASIL... PRA COMEÇO DE CONVERSA, EU NÃO ESTUDO. EU TRABALHO COM PESQUISA

Imagem
7 de abril de 2019. Pelo planejamento (relembre aqui ), eu deveria ter terminado o livro Die Liebhaberinnen . Estou na página 176. O livro tem 205. Tá acabando, mas ainda não acabou. E o motivo é que eu não li todos os dias mesmo. Alguns dias li outro livro em português para compensar. Outros não li nada mesmo e fiquei abaixo da meta. Para quem não sabe o que eu faço da vida, além de viajar pelo mundo e ler muitos livros (tem gente que acha que é mesmo só isso, risos!). Atualmente, estou inscrita no programa de doutorado em Engenharia de Produção da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), pertencente à Universidade de São Paulo (USP). O programa de doutorado tem duração prevista quatro anos (em tempo regulamentar), nos quais a gente desenvolve um projeto de pesquisa. Imagem retirada do site PixaBay. VOCÊ RECEBE PARA ESTUDAR? Primeiramente, quem faz doutorado não apenas estuda. A gente trabalha com pesquisa e ajuda a resolver os problemas da vida diária. Na Medicina, i