Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2019

OSCAR, BERLINALE E MARIGHELLA

Imagem
24 de fevereiro. Noite de premiação do Oscar, prêmio de cinema norte-americano. Esse ano, sem apresentador e sem nenhum filme brasileiro (infelizmente).

Este ano eu assisti alguns filmes que estão concorrendo (milagre!). Assisti Pantera Negra e Infiltrado na Klan. Os dois são muito bons. Parece que este ano, um forte candidato a melhor filme estrangeiro é o filme mexicano Roma, sobre uma empregada doméstica de uma casa rica na Cidade do México. Parece que o filme mexicano é semi-autobiográfico. A atriz que faz a protagonista é a indígena Yalitza Aparicio, que está concorrendo ao prêmio de melhor atriz. Na verdade, Yalitza é professora primária no México e este é o primeiro filme dela. Parece que sua indicação recebeu muitas críticas. Acredito que críticas sobre a atuação da atriz sejam pertinentes. Mas acho lamentável que ela também tenha recebido críticas por “ser indígena”.

Talvez essa seja uma boa hora de dizer que a gente teve um dia de projeto organizado pelo curso da Alemanha que…

BRASIL E BÉLGICA

Imagem
Olá, pessoal! Eu já voltei para o Brasil. A viagem de volta correu tranquilamente. Ainda tenho muita coisa para escrever. Preciso escrever sobre a vida de Cicely Saunders (homenageada pelo King’s College em Londres, relembre aqui), sobre os Países Baixos, sobre o Forum Ludivic em Aachen (um museu de arte pop), sobre a Berlinale (mostra de cinema alemão), sobre a Nobel Elfriede Jelinek e a história da empresa Mercedes-Benz, sobre o Holocausto e talvez um pouco sobre Frankfurt ou as próximas viagens planejadas para este ano (Índia, Etiópia e Canadá).
Mas me cobraram Bélgica. Foi a primeira vez que visitei esse país. Estive na capital Bruxelas e na cidade de Bruges. Passei só um fim de semana, mas fiquei fascinada pelo país. A Bélgica é um país com pouco mais de 11 milhões de habitantes, ou seja, mais ou menos a população do Estado do Paraná. Só que o território belga é menor que o Parque Nacional do Xingu.
Aliás, a Bélgica é uma monarquia parlamentarista. E sua capital, Bruxelas, é sede d…

O SERVIÇO SECRETO - NO BRASIL E NA ALEMANHA

Imagem
Domingo chuvoso aqui em Berlim. Já passou um pouco das 14h00, ainda não almocei. Os meus planos para hoje de manhã foram interrompidos pela chuva. Essa semana visitei muitos museus depois das aulas de alemão. No centro de Berlim, fica a famosa Ilha dos Museus, com cinco museus. Como as aulas ocupam mais da metade do dia, só consigo ir, no máximo, em um museu por dia. Na ilha, visitei o Museu Pérgamo e o Museu Novo. E foi fantástico! No Pérgamo, estão os portões de Nabucodonosor II da Babilônia e a maior peça maciça dentro de um museu, o porão de um mercado grego com mais de 17 metros. Impressionante! Além disso, há o Museu de Arte Islâmica no andar de cima, com a maior coleção do mundo de tapetes árabes. No Museu Novo, há uma coleção enorme de peças egípcias, incluindo o famoso busto de Nefertiti, a belíssima rainha egípcia. Também assisti um concerto de jazz na sala de concertos da Orquestra Filarmônica de Berlim, conhecida como o prédio com a melhor acústica do mundo. MUSEU DA ESPION…

NAS ESTRADAS E NOS TRILHOS - AACHEN - BERLIN - STUTTGART

Imagem
Quinta-feira passada viemos de Aachen para Berlin. A viagem foi em um ônibus contratado pelos organizadores do curso. Levamos quase 10 horas, mas correu tudo bem. Um amigo do Brasil me falou que se eu fizesse essa viagem com trem-bala, teria levado duas horas. Eu não sei, porque ainda não andei nesse tipo de trem. SUSTENTABILIDADE NA ALEMANHA No caminho, vi muitos cata-ventos para geração de energia eólica. Esse mesmo amigo me falou que dá para ver os cata-ventos até do céu, quando sobrevoamos essa região da Alemanha. O Brasil ainda carece de um plano de investimentos para geração de energia mais sustentável. Além disso, os alemães separam o lixo reciclável do não reciclável. No Brasil, meus pais fazem isso há 20 anos e, consequentemente, eu também. Mas sei de muitas cidades onde a separação ainda não é possível.
NOSSO NOVO ALOJAMENTO Estamos alojados em um hostel em um bairro de Berlin chamado Neukölln. Essencialmente, ele é um bairro árabe. Mas eu vi em um vídeo (Porta Afora – Alemanha)…